Como foi participar do Lean Kanban Brazil 2017?

Em outubro estivemos participando de um dos eventos mais esperados do ano pela galera da Softfocus!

Lean Kanban Brazil é um evento de gestão que vai além dos métodos e práticas, trazendo diversos conteúdos para quem busca a melhoria contínua em seus processos.

Alguns dias antes do evento presencial já estava rolando uma série de werbinars interessantes e até polêmicos (estimar é crime?). Era o gostinho do que viria a ser uma experiência UAU!

Daniel Danieli no workshop do coaching com Annelise Gripp

No dia 27 (sexta) eu e meu colega Daniel Augusto Danieli participamos dos workshops: Adoção de práticas Kanban (Celso Martins e Rafael Caceres), Fluxo Unificado (Samuel Cavalcante e Luiz Lula Rodrigues), Coaching (Annelise Gripp) e Gestão Pragmática (Juan Bernabó), todos de altíssima qualidade.

Dyego Cantu e David Anderson

O ápice do evento foi no dia 28 (sábado) com a conferência principal. Logo no keynote de abertura tivemos a presença de David Anderson, criador do método Kanban, que nos apresentou o Kanban Maturity Model, um passo importante na evolução do próprio método. Como cortesia ganhamos o novo livro do David e Alexei Zheglov.

Ao longo do dia participamos das palestras com diversos assuntos: Não-Modelo Spotify (Henrique Imbertti Jr.), Organizações Anti-frágeis (Rodrigo Yoshima), Lean Business Analysis (Luiz C. Parzianello) e até Machine Learning aplicado a gestão (Moacyr Cardoso Mello). Claro que não podemos esquecer de um momento importante, o coffee-break, que foi essencial para revermos as pessoas amigas e conhecer outras mais :-)

Na parte final teve uma sessão de perguntas aos Kanban Coachs, onde a galera fez perguntas referentes a situações do seu dia a dia. O Alisson Vale finalizou com o keynote sobre Otimizar a performance do sistema de trabalho. E ainda rolou um sorteio onde ganhei o livro do Raphael Albino.

Concluindo, participar do Lean Lanban Brazil 2017 foi muito divertido e impactante para nós. Com certeza um evento de peso para toda a comunidade e para quem se interessa pela melhoria contínua. Se o propósito do evento era Orientações Práticas e Pragmáticas de Gestão podemos dizer que teve sucesso, pois este foi um evento Fit for Purpose!

Livro Fit for Purpose de David Anderson e Alexei Zheglov
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.